Banner_Banco_Nordeste

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Especial Grandes Nomes traz O Rappa

O Especial Grandes Nomes deste sábado 24, traz a banda com mais de duas décadas de existência, O Rappa. Com grandes letras sempre de forte cunho social, o grupo marcou a música brasileira com grandes sucessos.

Uma mistura de rock, rap, reggae e MPB que faz parte da vida de milhares de pessoas que curtem o som do quarteto.

A partir das 19 horas na Canudos FM, O Rappa!

Ouça: http://www.sistemamaior.com.br/canudos_fm/aovivo/

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Terceiro assassinato em uma semana é registrado em Quixadá

Na manhã deste sábado, 24, mais um assassinado foi registrado na cidade de Quixadá. O crime ocorreu Rua Padre Cícero, bairro Triângulo. De acordo com informações preliminares, a vítima foi surpreendida por dois homens, que o alvejaram com diversos disparos.

Este é o terceiro assassinato desta semana, e o segundo na mesma rua em Quixadá.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Última rodada da primeira fase do Campeonato Cearense terá rodada de clássico das cores e Ceará buscando a liderança

A última rodada da primeira fase do campeonato cearense, não reserva lá muitas modificações na tabela. O líder Fortaleza enfrentará no domingo as 19 horas, o Ferroviário que ocupa atualmente a segunda posição. O Ceará, atual terceiro colocado, enfrentará o já rebaixado Tiradentes as 19 horas no Estádio Presidente Vargas e terá que sair com a vitória e torcer por um empate no clássico das cores para quem sabe assumir a liderança.

O quarto colocado,  Iguatu, enfrentará o Guarani de Juazeiro que já  não tem mais pretensões no campeonato. O Uniclinic e Floresta, quinto e sexto clocados respectivamente, se enfrentarão entre si no domingo as 17 horas. O outro jogo da nona rodada será Horizonte, que não tem mais chances de classificação contra o já rebaixado Maranguape.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Ligações de telefone fixo para móvel ficam mais baratas a partir de domingo

A partir deste domingo (25), as tarifas das chamadas locais e de longa distância feitas de telefones fixos para móveis ficarão mais baratas. A redução irá variar de acordo com a operadora e será entre 10,58% e 12,75% nas ligações locais, e entre 3,98% e7,41% nas interurbanas.

Segundo a decisão anunciada no dia 6 pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a queda nas tarifas valerá para chamadas de usuários dos planos básicos de serviço das concessionárias de telefonia fixa (Claro, Algar, Oi, Sercomtel e Vivo) e irá beneficiar mais de 23 milhões de assinantes.

O preço médio das chamadas locais fixo-móvel vai passar de R$ 0,18 para R$ 0,12, sem impostos. Para as chamadas fixo-móvel de longa distância, com DDDs começando com o primeiro dígito igual, como do DDD 61 (Distrito Federal) para o 62 (Goiânia), o preço médio cairá de R$ 0,55 para R$ 0,39. Para os demais interurbanos, o custo cairá de R$ 0,62 para R$ 0,45.

"O barateamento das chamadas de fixo-móvel se deve à redução das tarifas de interconexão. Elas são cobradas entre as empresas pelo uso de suas redes telecomunicações", informou a Anatel. (Do G1 Economia)

Ceará vai receber investimento federal superior a R$ 1,7 bilhão em diversas áreas

Um grande pacote de investimentos para o Ceará foi anunciado nesta sexta-feira (23), em solenidade no Palácio da Abolição. Ao todo, serão aportados para ações de Estado e prefeituras municipais a quantia de R$ 1.730.000.000,00, via Governo Federal. A obra que receberá a maior quantia de recursos será a Linha Leste do Metrô de Fortaleza, com R$ 673 milhões em contrapartida da União. Os benefícios estendem-se para moradia, sistemas de abastecimento de água, saneamento básico, urbanização, entre outros.

O projeto completo da Linha Leste do Metrô de Fortaleza liga o Centro da cidade ao bairro Papicu, seguindo até o Fórum Clóvis Beviláqua. O custo total é da ordem de R$ 2 bilhões. Contudo, com essa contrapartida do Governo Federal e o valor a ser investido pelo Estado no momento, o governador Camilo Santana informou que, no menor prazo possível, pretende dar início à construção da primeira etapa do percurso (Centro – Papicu). “Nós estamos fechando com o BNDES a renovação do empréstimo de R$ 1 bilhão e eles já autorizaram a gente a relicitar a obra. Pretendemos iniciar a construção em breve. É uma obra importante para a mobilidade de Fortaleza. Integrando com o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) que está sendo construído e a Linha Sul do Metrô, entregaremos a Fortaleza, quem sabe, o melhor sistema integrado metroviário das capitais brasileiras”, destacou Camilo Santana.

Destaque nacional
Em meio à crise que assola o País, o Ceará vem se destacando entre as demais unidades federativas brasileiras como um Estado que tem mantido crescente a capacidade de investimento. Segundo o senador Eunício Oliveira, presidente do Congresso Nacional, esse fator foi preponderante para o aporte de mais de R$ 1,7 bilhão. “O Ceará tem na sua economia, talvez, um dos melhores índices de perspectiva de investimentos proporcional do Brasil. Esse Estado fez o dever de casa do ponto de vista fiscal e, por isso, hoje pode receber esses recursos”. (Da Ascom)

Uso da água e desigualdade na oferta precisam ser discutidas, diz especialista

Especialista em recursos hídricos e sustentabilidade, a arquiteta e urbanista Marussia Whately coordena desde 2014 a articulação Aliança pelas Águas, iniciativa criada durante a crise de abastecimento de água em São Paulo. A rede reúne mais de 70 organizações da sociedade civil. A especialista participará, entre os dias 18 e 23 de março, em Brasília, do 8º Fórum Mundial da Água, evento organizado pelo Conselho Mundial da Água.

Em entrevista à Agência Brasil, Marussia Whately destaca que uma combinação de fatores que envolve a disponibilidade da água no país, a forma como vem sendo usada e as alterações climáticas não permitem que o tema da água seja tratado de “forma marginal”. A arquiteta é autora do livro Século da Escassez. Uma nova cultura de cuidado com a água: impasses e desafios, lançado em 2016.

Ela defende o debate e o aprimoramento das políticas de recursos hídricos para enfrentar tendências como o aumento dos conflitos por água no Brasil. “É fundamental trazer a questão de que muitos desses usos [de água] que são citados como conflitantes são autorizados, então já sendo autorizada por aqueles que são os que tem o domínio da água no Brasil, ou é o governo federal ou estadual. Como está sendo repartido esse grande benefício?”, questiona. (Da Agência Brasil)

Detran realiza domingo em 7 cidades primeira prova do concurso para vistoriador com 13.578 inscritos

Os 13.578 candidatos farão neste domingo, dia 25, a prova, para 50 vagas, para o cargo de vistoriador do Detran-CE, em 7 cidades: Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Iguatu, Crateús, Quixadá e Russas. Os portões dos locais de prova serão abertos às 8h30 e fechado uma hora depois, quando a prova começará. Em Fortaleza, o exame será aplicado no campus do Itaperi e Centro de Humanidades, ambos da Uece (responsável pela organização do concurso e elaboração das provas), sede do IFCE, Colégio Justiniano de Serpa, Colégio César Cals e Colégio Adauto Bezerra.

Em função de 171 mil candidatos inscritos para os 383 cargos do Detran, a realização das provas foi dividida em três datas diferentes, conforme o cargo escolhido. As próximas datas são 11 de março, para os cargos de nível superior (engenheiro civil, engenheiro mecânico, arquiteto, administrador, contador, assuntos educacionais e especialista em tecnologia da informação), com 8.958 inscritos para 33 vagas; e para o único cargo de nível fundamental (assistente de trânsito e transportes), com 58.176 para 50 vagas; e 8 de abril, somente para o cargo de agente de trânsito e transportes (nível médio), com 91.157 inscritos para 250 vagas. Além dos 13.578 inscritos para 50 vagas de vistoriador.

No edital do concurso, o Detran definiu que os selecionados serão lotados nas cidades sede de unidades regionais do Órgão, por isso a concorrência acontece entre os candidatos que se inscreveram para cada sede das 15 regionais: Fortaleza, Aracati, Baturité, Camocim, Crateús, Iguatu, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Quixadá, Russas, Sobral, Tauá e Tianguá.

Neste domingo, o número de inscritos para cada regional é o seguinte: Fortaleza, 7.391 candidatos; Aracati, 284; Baturité, 365; Camocim, 180; Crateús, 380; Iguatu, 479; Itapipoca, 404;  Juazeiro do Norte, 1.973; Limoeiro do Norte, 177; Morada Nova, 157; Quixadá, 414; Russas, 200; Sobral, 571; Tauá, 242 e Tianguá, 361 candidatos.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Grupo armado explode carro-forte em Mombaça

Criminosos interceptaram um carro-forte da empresa Prosegur, no fim da manhã desta sexta-feira, 23, e o explodiram para roubar o dinheiro transportado. O crime ocorreu na CE-060, no distrito de Catolé da Pista, entre os municípios de Mombaça e Acopiara, distante 302 km de Fortaleza. A quantia levada pelo grupo não foi informada.Criminosos interceptaram um carro-forte da empresa Prosegur, no fim da manhã desta sexta-feira, 23, e o explodiram para roubar o dinheiro transportado. O crime ocorreu na CE-060, no distrito de Catolé da Pista, entre os municípios de Mombaça e Acopiara, distante 302 km de Fortaleza. A quantia levada pelo grupo não foi informada.

Levantamentos iniciais da Polícia apontaram que os suspeitos atiraram nos pneus do veículo, renderam os seguranças após troca de tiros e usaram dinamite para arrombar o cofre. Nenhum segurança foi ferido.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS) informou, a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) investiga a ocorrência. Até a tarde desta sexta, nenhum suspeito havia sido preso.

Ainda de acordo com a SSPDS, “as investigações indicam que o grupo fugiu por estradas carroçáveis. Logo após a fuga, os suspeitos incendiaram o carro utilizado no delito, um Hyundai Tucson, de cor prata”, nas proximidades do Sítio Maracanã, em Ibicuã, no município de Piquet Carneiro, a quase 40 km do local do roubo.

Estiveram no local, equipes do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e os policiais militares de Piquet Carneiro, Mombaça, Tauá e da Força Tática de Iguatu. As diligências continuam para a identificação dos autores do crime, com o apoio da Delegacia Municipal de Mombaça.

Bando
Suspeitos de pelo menos 15 assaltos a bancos e cinco a carros-fortes no Ceará, três homens foram presos em flagrante, entre os últimos dias 14 e 15. Outro homem foi morto em confronto com a Polícia. O quarteto é suspeito de recentes ataques a agências em Ibaretama, Banabuiú e Madalena. (Do O Povo Online)

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Campo Maior: Programa SerTão Conta Mais ganha mais 30 minutos

Na próxima segunda-feira, 26, o Programa SerTão Conta Mais, da Rádio Campo Maior AM 840, passará a ser apresentado até às 9 horas. Desta forma, o informativo que vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 7h30, ganha mais 30 minutos na grade de programação da emissora.

Com a ampliação do programa, o departamento de jornalismo aposta em maior investimento na informação, como forma de deixar o público cada vez mais antenado dos principais fatos do cotidiano. Com linguagem popular e precisa, o SerTão Conta Mais tem sido o encontro de todos os públicos nas manhãs da AM 840.

Logo após o SerTão Conta Mais, segue a programação com o Cidade em Campo. Não perca!

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

1 minuto com Sérgio Machado: Mais chuva à frente – 23.02.2018

Após seis longos anos de seca, a espera do agricultor cearense parece ter chegado ao fim. E o motivo deste otimismo é que o mês de fevereiro está perto de alcançar a marca das maiores chuvas dos últimos onze anos. E as previsões mais recentes indicam que o melhor ainda está por vir.

O último prognóstico da Funceme aponta que há 45% de chances do estado receber chuvas acima da média histórica nos meses de Março, Abril e Maio. E 35% de chances dessas chuvas ocorrerem dentro da normalidade.

Na última quinta-feira, Quixeramobim registrou a maior chuva do Sertão Central, com volume de 58.0 mm. Mas a melhor precipitação do estado foi observada no município de Meruoca, que alcançou o volume de 82.0 mm.

A previsão atual é de que as maiores chuvas devem ocorrer no próximo mês, aumentando as chances de uma boa colheita, elevando o nível dos reservatórios cearenses e afastando o fantasma do colapso hídrico que assombra há alguns anos a Região Metropolitana de Fortaleza. (Do Repórter Ceará)

Se intervenção no Rio não der certo, governo não deu certo, afirma Temer

O presidente Michel Temer disse hoje (23) que se a intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro não der certo, o governo não deu certo.

“Se não der certo, não deu certo o governo, porque o comandante supremo das Forças Armadas é o presidente da República. De modo que as Forças Armadas nada mais fizeram do que obedecer o comando do seu comandante supremo. Se não der certo, foi o governo que errou, não foram as Forças Armadas”, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Intervenção total
Na entrevista, Temer disse que o governo federal chegou a cogitar uma intervenção total no Rio de Janeiro. Mas, segundo o presidente, a uma medida era “muito radical” e, por isso, foi descartada.

Temer explicou que em uma intervenção total o governador pode ser afastado. Ele foi questionado pelo jornalista José Luiz Datena se isso foi cogitado. “Claro, foi cogitado num primeiro momento, mas logo afastei a ideia por que seria uma coisa muito radical, e logo refutei. E refutando ficamos com a conclusão de que deveríamos intervir na área da segurança pública e no sistema penitenciário”.

Temer disse que ele e ministros conversaram com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que concordou com a intervenção na área de segurança pública. O presidente destacou que não se trata de uma intervenção militar, mas sim civil. “É uma intervenção civil, administrativa, com a presença dos militares”.

Temer disse ter “absoluta convicção” de que a intervenção “dará certo”. “É um jogo de alto risco, mas é um jogo necessário”.

Fim eleitoral
Temer negou que a intervenção  tenha pretensões eleitorais. “É uma jogada de mestre, mas não é eleitoral”, disse.

Eleição 2018
Questionado diretamente se pretende ser candidato à reeleição no pleito de outubro, Temer negou. “Não. Tenho dito reiteradamente, em política, as circunstâncias é que ditam a conduta e as circunstâncias atuais ditam a minha conduta. Eu não sou candidato”.

Criação de imposto
Perguntado se haverá a criação de um imposto para financiar a área de segurança pública, Temer negou. “Não haverá imposto nenhum sobre segurança. Não há essa intenção no governo. Isso já foi declarado pelos nossos ministros e agora declaro publicamente”.

Reforma da Previdência
Temer reforçou a necessidade da aprovação da reforma da Previdência para o equilíbrio das contas públicas e disse que o tema saiu da pauta legislativa, mas não da pauta política do país.

“Não haverá candidato à presidente da República, a governador, senador, deputado federal que não vai ser questionado sobre sua posição em relação à Previdência”. No último dia 19, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afastou a possibilidade de votação da reforma da Previdência enquanto durar a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro. O decreto de intervenção prevê que a medida dure até o dia 31 de dezembro de 2018.

Banco do Nordeste apresenta lucro líquido de R$ 681,7 milhões em 2017

O Banco do Nordeste fechou 2017 com lucro operacional de  R$ 1,1 bilhão, crescimento de 160% perante o lucro contabilizado no ano anterior, de R$ 442,4 milhões. A informação consta nas demonstrações financeiras da empresa, a serem divulgadas nesta sexta-feira, 23. Entre os fatores que ocasionaram o aumento, estão a redução com despesas de aprovisionamento de créditos e o crescimento da margem financeira, proporcionado por menores custos de captação. O lucro líquido alcançou R$ 681,7 milhões no exercício.

As demonstrações financeiras também incluem o resultado das aplicações de crédito no ano. Ao todo, o BNB contratou R$ 26,4 bilhões, o que representou acréscimo de 19,3% em relação ao exercício de 2016. Desse montante, R$ 15,97 bilhões foram oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), a principal fonte de recursos do BNB. Trata-se da maior aplicação anual já realizada com recursos do FNE, 42,1% superior à realizada no ano anterior.

Na distribuição das aplicações do Fundo Constitucional, R$ 12,32 bilhões foram destinados a empreendimentos dos setores Rural, Industrial, Agroindustrial, Turismo e Comércio e Serviços. Outros R$ 3,65 bilhões foram direcionados a projetos de Infraestrutura e refletem a estratégia adotada pelo Banco do Nordeste com a criação de linha de crédito específica para o setor, o FNE Infraestrutura.

Em termos de quantidade de operações de crédito do FNE, houve incremento de 8,2% em relação a 2016, com saldo de 582.867 contratações em 2017, que beneficiaram produtores rurais, empreendedores individuais e empresas de toda a área de atuação do Banco do Nordeste.

"Esse resultado independeu da continuidade da seca na Região e do cenário econômico desafiador, evidenciando a importância de um banco de desenvolvimento no financiamento às atividades produtivas em todos os 1.990 municípios de onze Estados (Nordeste, norte dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo)", disse o presidente do BNB, Romildo Rolim, em palavra divulgada no Relatório da Administração da empresa. Confira alguns destaques na atuação do Banco do Nordeste em 2017:

Desconcentração dos recursos
A aplicação dos recursos do FNE em 2017 também revela a desconcentração espacial do crédito. Todos os municípios da área de atendimento do Fundo Constitucional foram beneficiados com operações de crédito subsidiado. Foram R$ 4,7 bilhões destinados especificamente para empreendimentos localizados no Semiárido, em atendimento à Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), o que contribui para a redução das desigualdades regionais e para a promoção da equidade no acesso a oportunidades de desenvolvimento.

Curto e longo prazo
O volume total de crédito de R$ 26,4 bilhões, aplicados pelo Banco do Nordeste a partir do FNE e outras fontes de recursos, significou crescimento de 35,7% nas contratações com financiamentos de longo prazo em relação a 2016, somando R$ 16,5 bilhões. Esse tipo de crédito, que representou 62,5% das contratações em 2017, engloba investimentos rurais, industriais, agroindustriais, infraestrutura, comércio e serviços. Já os empréstimos de curto prazo, que envolvem produtos de crédito como capital de giro, cartão de crédito e conta garantida, bem como o programa Crediamigo, atingiram R$ 9,9 bilhões.

Agricultura Familiar
Principal agente financeiro na Região do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), o Banco do Nordeste conta atualmente com carteira ativa de R$ 8,67 bilhões, e 1,79 milhão de operações. Em 2017, foram contratados 542 mil financiamentos, no valor total R$ 2,85 bilhões. Do montante aplicado, 68,9% compreendem financiamentos no Semiárido. Em comparação ao ano anterior, houve incremento de 15,8% no volume de recursos aplicados e de 8% na quantidade de operações contratadas.

Microcrédito rural
No âmbito do microcrédito rural, o Banco do Nordeste aplicou R$ 2,32 bilhões em 2017, com a contratação de 518,7 mil operações por meio do Agroamigo, programa lançado em 2005 e pioneiro no segmento de microfinança rural. Os números representam crescimento de 17,7% em relação a 2016 e contribuíram para o alcance de carteira ativa de R$ 4,1 bilhões, com mais de 1,36 milhão de operações. O programa Agroamigo atende os agricultores familiares incluídos no Pronaf com financiamentos de até R$ 15 mil para qualquer atividade geradora de renda no campo ou aglomerado urbano próximo.

Microcrédito urbano
Programa referência no segmento do microcrédito urbano, o Crediamigo desembolsou, em 2017, R$ 8,05 bilhões, por meio de 4,03 milhões de operações. O programa possui atualmente mais de 2 milhões de clientes com empréstimos ativos, com média de 16 mil desembolsos ao dia e taxa de inadimplência situada em 1,56%. O Crediamigo também contribui para inclusão financeira com a abertura de 329.554 novas contas correntes para clientes ao longo do ano, não sujeitas à cobrança de tarifa.

Micro e pequena empresas (MPEs)
Cerca de R$ 2,6 bilhões foram destinados pelo Banco do Nordeste em 2017 a micro e pequena empresas (MPEs), segmento composto por empresas com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões. Desse montante, R$ 2,4 bilhões referem-se a operações de longo prazo e utilizaram recursos do FNE. As contratações com crédito de curto prazo, que utilizam recursos internos, totalizaram, por sua vez, R$ 229,7 milhões. Ao todo, o Banco do Nordeste atendeu 24.626 MPEs no período.

Corporate
Com o segmento de clientes corporate, que engloba empresas com faturamento bruto anual superior a R$ 200 milhões, o Banco do Nordeste contratou R$ 2,59 bilhões com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). O volume superou 46,8% o volume aplicado no mesmo período em 2016, sendo 62,9% destinados ao setor de infraestrutura. Com relação ao crédito de curto prazo, inclusive operações de câmbio, foram contratados R$ 950 milhões.

Renegociação de dívidas
Com base nos instrumentos de renegociação de dívidas rurais (Lei nº 13.340/2016 e Resolução CMN nº 4.591/2017), o BNB regularizou 295.466 operações ao longo de 2017. Desse total, 271.408 utilizaram recursos do FNE e resultaram em R$ 7,94 bilhões em recuperação de crédito e R$ 875,45 milhões em injeção de recursos. Os números representam o melhor resultado conseguido pelo Banco do Nordeste no âmbito da recuperação de crédito em toda a sua história. (Da Ascom)

Confira lista com precipitações das últimas horas em Quixeramobim

A Funceme registrou chuvas em Quixeramobim desta quinta para sexta, 22 e 23 de fevereiro, respectivamente. Confira lista com as precipitações em Quixeramobim:

Assentamento Novo Canaã - 58.0
São Miguel - 11.0
Quixeramobim - 5.0
Belém - 60.0

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Ceará tem previsão de chuvas acima da média entre março e maio

De acordo com prognóstico divulgado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) nesta quinta-feira (22), a previsão é da maior média de chuvas em todo o Ceará entre os meses de março e maio.

“Os números apontam 45% de chances de chuvas acima da média, 35% em torno da média e 20% de chuvas abaixo da média. Em relação às regiões, há uma tendência que os desvios percentuais na região Centro-Norte sejam maior do que no Centro-Sul. Lembrando que os índices de fevereiro são os melhores desde 2011, com chuvas de cerca de 169mm”, explica Meiry Sakamoto, supervisora do Núcleo de Meteorologia da Funceme.

Meiry Sakamoto também explica que as condições naturais têm favorecido ao Ceará como um todo. “As chuvas que têm sido observadas estão associadas à Zona de Convergência Intertropical, e está bem favorável ao Estado, por isso essa chuvas abundante, em muitas regiões acima de 100mm, trazendo esperança, alívio para o Ceará de um modo geral e os agricultores em especial. A Zona de Convergência deve se manter próxima da costa e há boas previsões de chuvas para os próximos dias”, explica.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Governo estuda ampliar vacinação de febre amarela para todo o país

O Ministério da Saúde vai discutir com estados e organismos internacionais a possibilidade de ampliar a vacinação de febre amarela para todo o país ainda neste ano por conta da circulação do vírus em novas áreas. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, apresentou a proposta hoje (22), em Brasília, durante reunião da Comissão Intergestores Tripartite.

A sugestão será também discutida com organismos internacionais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

Ao apresentar a proposta, o ministro defendeu que estratégia de vacinar toda a população, deve ser feita de forma gradual, de acordo com as possibilidades dos estados. Segundo ele, se a ampliação for definida, haverá uma programação de vacinação para cada estado.

Atualmente, alguns estados do Nordeste e áreas do Sul e Sudeste do país não fazem parte das áreas de recomendação de vacina, por não apresentarem circulação do vírus.

Vacinação pode atingir 34 milhões de pessoas

Nestes locais devem ser vacinados, aproximadamente, 34 milhões de pessoas, sendo 11 milhões nas regiões Sul e Sudeste, além de 23 milhões no Nordeste.

Agora, o ministério estuda incluir todos os estados do país como Área Com Recomendação de Vacinação. O Ministério da Saúde aguarda o funcionamento da nova fábrica da Libbs Farmacêutica, em São Paulo, que poderá produzir mais 4 milhões de vacinas por mês.

Entre 1º julho de 2017 e 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela no país, com 164 óbitos. Ao todo, foram notificados 1.773 casos suspeitos, sendo que 685 foram descartados e 422 permanecem em investigação. (Da Agência Brasil)